Só mais um site WordPress

10 ideias e estratégias de marketing de saúde

O marketing médico pode ser desafiador em um ambiente online de grandes conglomerados de saúde, mas existem algumas estratégias de marketing de saúde que podem ajudar sua prática a se destacar na multidão.

As ideias de marketing de saúde a seguir podem ajudá-lo a ir além da publicidade tradicional de saúde e alcançar médicos de referência e novos pacientes que podem expandir sua prática e garantir o sucesso em um setor altamente competitivo.

10 ideias e estratégias de marketing de saúde

Embora o marketing na área da saúde possa parecer confuso, as tendências de marketing na área da saúde refletem de perto as tendências de outros setores. As seguintes ideias de marketing de saúde destilam o que funciona em outros espaços de marketing digital e as aplicam de maneiras que podem ser um grande benefício para sua prática.

1. Crie conteúdo educacional para pacientes e médicos

As pessoas usam a internet para se manterem informadas sobre todos os aspectos de suas vidas, incluindo saúde e bem-estar. Você pode alavancar esse interesse criando conteúdo que fale com o que os pacientes em potencial podem estar preocupados. Felizmente, o conteúdo de saúde que recebe cliques como os listados abaixo nem sempre exige a contratação de uma agência de marketing de conteúdo.

  • Blogs ou artigos: você pode apresentar conteúdo educacional em seu próprio site ou procurar oportunidades de blog convidado ou ser apresentado em outras publicações online. O guest blogging tem o bônus embutido de enquadrá-lo como um especialista na área e pode trazer sua prática para a atenção de um novo público de pacientes e outros médicos. Ser apresentado em outro site também promove backlinks para sua página da web, o que pode melhorar o SEO (otimização de mecanismos de pesquisa).

  • Vídeos: Você já deve ter ouvido falar que o vídeo é atualmente o rei das mídias sociais, e o marketing de saúde não é exceção. O vídeo não apenas melhora a classificação no Google, mas também pode elevar seus perfis de mídia social e gerar engajamento em canais de marketing digital como YouTube e Facebook. Confira o TikTok para ver como criar vídeos curtos e facilmente digeríveis não precisa ser ciência do foguete.

2. Conheça sua concorrência e suas tendências de marketing de saúde

Pesquisar outros profissionais médicos on-line pode oferecer algumas dicas sobre como destacar sua própria prática. Certifique-se de que as informações de contato do seu consultório, clínica ou hospital apareçam facilmente na pesquisa e estejam listadas em vários diretórios, do Yelp ao Yahoo e Google. E não se esqueça de sites específicos do setor, como Healthgrades.

Fique atento também aos tipos de tecnologia digital que seus concorrentes estão oferecendo aos pacientes. Os aplicativos de saúde e a telemedicina estão liderando a revolução digital da saúde, e a utilização dessas ferramentas pode sinalizar aos pacientes e médicos que você é um líder do setor.

3. O marketing médico inteligente trata de mantê-lo local

Um componente muitas vezes esquecido do marketing de saúde é a clara vantagem de se concentrar em campanhas de marketing digital locais. A maioria dos pacientes prefere não viajar para fora de suas próprias comunidades para check-ups e procedimentos médicos, portanto, o SEO localizado é crucial.

Aparecer na parte superior dos resultados da pesquisa local, às vezes chamado de o pacote de 3 do Google, não é tão fácil quanto reivindicar sua listagem no Google. A classificação no topo do pacote envolve a construção de citações, a atualização consistente do seu perfil e a obtenção de muitas dessas cobiçadas avaliações de cinco estrelas.

4. Cultive avaliações e seja responsivo nas mídias sociais

Falando em comentários, há poucas coisas que geram impressões positivas como detalhes autênticos de um experiência do paciente. E lembre-se de que a experiência do paciente é mais do que qualquer procedimento médico ou interação com o médico. É também sobre como sua prática gerencia a ansiedade do paciente, detalhes financeiros como cobrança e um espaço que oferece suporte à comunicação aberta.

Solicitar feedback do paciente por meio de pesquisas e solicitar avaliações on-line são estratégias vitais de marketing de saúde, mas lembre-se de não negligenciar sua presença nas mídias sociais. Permanecer conectado com os pacientes significa estar presente em espaços online que eles podem considerar extensões de sua comunidade.

5. Desenvolva ativos consistentes de branding e marketing digital

Os ativos de marketing digital que você usa para publicidade de saúde devem ser mensagens consistentes e de alta qualidade que transmitam sua marca. Embora você possa se sentir confiante sobre sua experiência, os usuários on-line sabem apenas o que suas estratégias de marketing de saúde comunicam. Se o seu marketing de saúde parece desatualizado ou pouco profissional, pode sugerir que os serviços médicos que você oferece não adotam a medicina moderna.

6. Alavancar relacionamentos com pacientes existentes e anteriores

Embora atrair novos pacientes seja frequentemente o foco de muitas práticas médicas, não se esqueça de que seus pacientes existentes e anteriores podem ser uma mina de ouro. Não apenas o redirecionamento desse grupo para promover serviços e procedimentos pode ser um componente negligenciado do marketing na área da saúde, mas recompensar esses pacientes pela lealdade pode levar a uma maior satisfação.

Tanto outros médicos quanto pacientes anteriores podem ser suas melhores fontes de referências, portanto, certifique-se de que o alcance desse grupo seja o foco central de suas estratégias de marketing de saúde.

7. Colocar a hospitalidade nas estratégias de marketing hospitalar com open house

As casas abertas virtuais e presenciais podem ajudar a aumentar a visibilidade de sua prática e ajudá-la a se tornar uma pedra angular da comunidade. Quando alguém pede uma referência, você quer que sua clínica seja lembrada, mesmo que aqueles em sua comunidade não tenham sido pacientes.

Infelizmente, “construa e eles virão” geralmente não é como o marketing de saúde funciona. Mas você pode promover um evento mais bem-sucedido oferecendo incentivos. Pense em como criar conexões e alavancar relacionamentos com líderes comunitários para incentivar a participação. Não hesite em oferecer os incentivos tradicionais que as pessoas costumam desfrutar nas casas abertas, como boa comida e atividades divertidas para as famílias.

8. Otimize seu site para oferecer uma melhor experiência de marketing de saúde

Você está tentando comercializar seus serviços, mas os visitantes do seu site provavelmente estão apenas tentando encontrar informações rapidamente. Uma boa experiência do usuário em seu site estabelece um precedente de que você é um provedor que se preocupa com o suporte ao paciente e o atendimento ao cliente. Pense em seu site como o lobby de sua prática. Isso reflete como você gostaria que os pacientes fossem recebidos e as informações às quais deseja que eles tenham acesso antecipado?

Aqui estão algumas coisas a serem consideradas ao avaliar a experiência do usuário em seu site.

  • Seu site funciona bem em dispositivos móveis?

Tornar-se móvel pode ser complicado, mas seu site deve se ajustar automaticamente para acomodar diferentes navegadores e dispositivos. Ele também deve ter fontes fáceis de digitalizar em tamanhos que não precisem ser ajustados para visualização em dispositivos móveis.

  • Como os usuários estão entrando em seu site?

Dependendo de sua classificação no Google e de quais termos estão gerando resultados de pesquisa, sua página principal pode não ser como os pacientes estão encontrando seu site. Realize uma auditoria para determinar como os usuários estão encontrando você on-line e em qual página eles acessam quando chegam ao seu site.

  • Seu site carrega rápido?

Imagens grandes e outros recursos não otimizados podem levar a longos tempos de carregamento das páginas do seu site. Pense no efeito como semelhante ao da sala de espera da sua clínica ou hospital. Se o tempo de espera for muito longo, os pacientes simplesmente vão embora e vão para outro lugar.

9. A comunicação eficaz é uma das melhores estratégias de marketing de saúde

Quando cada membro da equipe está se comunicando de forma eficaz e consistente, isso pode melhorar drasticamente a experiência do paciente e os resultados da assistência médica.

Mas superar gargalos, silos de departamentos e outras dinâmicas muitas vezes pode tornar a limpeza da clínica e comunicação hospitalar desafiante. Aproveitar a tecnologia para fornecer canais para consultas bidirecionais, implementar reuniões de equipe, modelar a comunicação com o paciente e promover a colaboração multifuncional são estratégias sólidas para melhorar a comunicação da sua clínica ou hospital.

Leia também: Quantos graus é febre? Como medir a temperatura?

10. Tente um contato médico

Não espere até que tudo mais falhe em explorar uma perspectiva externa. Os contatos médicos se especializam em programas de referência crescentes e trabalham para ajudar sua prática médica a fazer as conexões certas na comunidade.

Se você não tiver orçamento para se dedicar a um contato formal, identifique alguém de sua equipe de marketing de saúde para trabalhar no estabelecimento de relacionamentos com médicos e reforçar seu programa de referência. Um pouco de foco extra nesses relacionamentos pode render grandes dividendos no crescimento de sua base de pacientes.

Avalie o retorno do investimento que você obtém atualmente com a publicidade de saúde e considere se explorar uma ou várias dessas ideias de marketing de saúde pode ser a decisão certa para sua prática. No ambiente acelerado e focado em mídia social de hoje, as abordagens tradicionais de marketing médico podem precisar de uma atualização para acompanhar o ritmo em um setor cada vez mais competitivo.

Comentários estão fechados.