Só mais um site WordPress

Ácido glicólico para estrias funciona? Tratamento indicado

Não apenas as mulheres, mas os homens também sofrem com estrias, e será que o ácido glicólico para estrias realmente funciona?

Sim, é um dos tratamentos indicados por dermatologistas, cujos resultados são bastante satisfatórios.

Podem aparecer marcas na barriga, coxas, glúteos, braços e seios, seja na adolescência, gravidez, quando há um ganho de peso…

Embora sejam inofensivas, para muitas pessoas, particularmente as mulheres, as estrias são um problema estético, principalmente quando são visíveis.

Se você já tentou de tudo para acabar ou pelo menos atenuar as estrias, entenda como o ácido glicólico pode ajudar!

O que são estrias?

Estrias são um fenômeno cutâneo que aparece quando a pele sofre um estiramento excessivo, e os principais fatores que levam ao aparecimento de estrias são:

Gravidez;

Ganho ou perda de peso rápida;

Adolescência;

Aumento de massa muscular;

Determinados medicamentos.

São como se fosse uma cicatriz, pois mecanicamente correspondem a uma ruptura das fibras elásticas da derme. Quais os culpados?

Alterações hormonais, o que causa uma super secreção de glicocorticóides, os quais diminuem a síntese de fibroblastos e impedem sua renovação.

Ao mesmo tempo, há a destruição de colágeno e elastina, e assim, as estrias aparecem.

No início, são avermelhadas, e aos poucos, ficam esbranquiçadas.

Sendo assim, a boa notícia é que o ácido glicólico para estrias é um dos tratamentos mais eficazes.

Ácido glicólico para estrias funciona?

Sim, o ácido glicólico funciona porque age como um esfoliante, diminuindo a espessura da pele e estimulando a produção de colágeno e renovação celular.

Indica-se tanto para peles mais resistentes como para peles mais claras.

Além de reduzir as estrias, melhora a aparência das manchas, cicatrizes da acne e na prevenção do envelhecimento da pele.

Portanto, o ácido funciona como um peeling, favorecendo a regeneração da derme, inclusive funciona nas estrias mais antigas.

Como usar o ácido glicólico para tratamento de estrias?

Você pode usar o ácido glicólico para estrias sob a forma de cremes ou loções, porém, em concentrações mais fortes, apenas por dermatologistas.

O ideal é que o dermatologista indique a concentração adequada, de acordo com cada tipo de pele.

Pode-se encontrar em concentrações de 1 a 10%, e em procedimentos estéticos, no caso de peeling, pode chegar a uma concentração de até 70%.

O tratamento consiste na aplicação do ácido glicólico para remover as camadas danificadas e promover a formação de uma nova camada.

Por isso, sua aplicação deve ser diária, para diminuir a espessura, o comprimento e coloração das estrias.

Leia também: Dicas para ajudá-lo a lidar com crises de acne

Ácido glicólico para estrias quais cuidados após usar?

Como a pele fica muito mais sensível, é muito importante tomar alguns cuidados ao usar o ácido glicólico para estrias.

Você deve sempre se proteger ao se expor ao sol.

Caso contrário, pode irritar a pele, provocando descamação, vermelhidão e até mesmo o surgimento de manchas.

Além disso, não deve-se aplicar o ácido glicólico em peles inflamadas, com eczemas ou com queimaduras de sol.

Sendo assim, também é contraindicado em pessoas com infecções, como herpes ou infecções bacterianas.

Por isso, deve-se seguir as orientações do dermatologista ao usar o ácido glicólico para estrias.

Comentários estão fechados.