Só mais um site WordPress

Como saber se o ligamento do joelho está rompido?

Tem como saber se o ligamento do joelho está rompido? Se você está com uma sensação de estalo no seu joelho e uma certa instabilidade, provavelmente pode estar se perguntando.

Na verdade, apenas um ortopedista especialista em joelho é capaz de diagnosticar se houve ou não uma ruptura do ligamento.

No entanto, para tirar todas as suas dúvidas, vamos mostrar aqui as possíveis causas, os sintomas, e assim, você já poderá ter uma ideia se realmente o ligamento do joelho se rompeu!

Mas lembrando que, nada do que for dito aqui substitui a consulta com um profissional especializado, certo?

O que é ruptura de ligamento do joelho?

Antes de responder à sua pergunta se tem como saber se o ligamento do joelho está rompido, vamos aprender primeiro um pouco de anatomia.

Localiza-se 2 ligamentos cruzados no joelho. Chama-se o primeiro de ligamento cruzado anterior e o segundo, ligamento cruzado posterior.

Chamam-se de cruzados porque se cruzam no meio do joelho.

Seu papel é de estabilizar o joelho, impedindo que os ossos do joelho deslizem para frente e para trás, além de evitar a torção do joelho.

No caso da ruptura do ligamento do joelho, é uma lesão que pode acometer um só ligamento ou os dois.

Quando o ou os ligamentos não foram “rasgados”, falamos de uma ruptura parcial. Mas se rompem um dos ligamentos inteiramente, trata-se de um rompimento completo.

Vale ressaltar que um ligamento totalmente rompido não consegue mais desempenhar seu papel de estabilizador, enquanto um ligamento parcialmente afetado pode ainda ajudar a estabilizar o joelho.

Na maioria das vezes, as lesões mais comuns são os rompimentos de um único ligamento.

Como saber se o ligamento do joelho está rompido?

Primeiramente, entendendo agora um pouco de anatomia, fica mais fácil como saber se o ligamento do joelho está rompido.

Antes de mais nada, saiba que uma ruptura de ligamentos cruzados é uma lesão traumática, ou seja, acontece de forma súbita e não gradualmente.

Assim, os sintomas surgem logo após o traumatismo, e seja a lesão em um ligamento ou nos dois, no início, os sintomas são bem semelhantes:

Barulho ou estalo no momento do rompimento;

Inchaço do joelho;

Dor forte;

Impossibilidade de colocar o peso sobre o joelho e andar;

Se atingem-se outros ligamentos, podem surgir um hematoma.

Portanto, após o traumatismo, quando a dor começa a aliviar e você consegue colocar o pé no chão, outros sintomas podem aparecer:

Instabilidade do joelho ao colocar o peso sobre a perna, com a sensação de joelho “solto”;

Dificuldade no momento de mudar de direção;

Falta de estabilidade em alguns tipos de superfície.

Embora você sinta menos dor no joelho, ela pode surgir na hora de falsos movimentos, e é muito importante procurar o mais rapidamente possível uma clínica de ortopedia.

O que fazer se rompi o ligamento do joelho?

A primeira coisa a fazer quando você sentir os sintomas de uma ruptura dos ligamentos cruzados é consultar um ortopedista especialista em joelho.

É o profissional habilitado tanto para diagnosticar quanto indicar o tratamento mais adequado.

O principal objetivo do tratamento é reduzir a dor e a inflamação do joelho, porém, existem casos onde o rompimento do ligamento pode necessitar uma intervenção cirúrgica.

No entanto, a escolha de realizar ou não uma cirurgia vai depender de uma série de fatores, como: 

Ser um atleta de alto rendimento e desejar retomar sua atividade no mesmo nível;

Já ter tido problemas ligamentares ou apresentar uma condição de risco;

Ter uma lesão complexa.

Quais os fatores que aumentam o risco de rompimento do ligamento do joelho?

Existem alguns fatores que aumentam o risco de ocorrer uma ruptura do ligamento do joelho, que são:

1. Esportes de contato e de salto

Um dos principais fatores de risco está relacionado à prática esportiva.

Assim, esportes compostos de muitos saltos, mudanças rápidas de direção e recepções no solo são mais perigosos.

Além desses, os esportes de contato também podem provocar torções no joelho no momento dos impactos, como basquete e futebol.

2. As mulheres são mais afetadas que os homens

Estudos mostram que as mulheres têm um risco maior de um desgaste dos ligamentos cruzados.

A sua morfologia, assim como a forma como funciona seu grupo muscular são os principais responsáveis por essa maior fragilidade.

3. Técnicas inadequadas

Independentemente do esporte, a técnica também representa um papel importante no risco de lesão.

Dessa forma, um jogador que tem uma técnica inadequada e uma falta de controle ao efetuar os movimentos tem um risco maior.

Vale lembrar que é possível ter uma ruptura de ligamentos cruzados mesmo se não praticar um esporte de risco.

4. Desequilíbrio muscular

Pode acontecer que certos músculos sejam mais fortes que outros, provocando um desequilíbrio muscular.

Embora mais raro, pode ocorrer em atletas de alta performance que treinam muito e que desenvolvem musculaturas particulares ao esporte que praticam.

5. Histórico de lesão

Por fim, torna-se fácil saber se você já tem um histórico de lesão.

Portanto, se você já teve uma ruptura parcial de um dos ligamentos e se não seguiu as orientações do médico, tem mais chance de sofrer um rompimento dos ligamentos cruzados.

Fisioterapia e rompimento de ligamento de joelho é importante?

Se a sua resposta sobre como saber se o ligamento do joelho foi rompido foi sim, é importante ter em mente a importância da fisioterapia em todo esse processo.

Um rompimento ligamentar tem consequências sobre sua maneira de se movimentar e suas atividades do dia a dia.

Além disso, a dor e o inchaço do seu joelho provocam uma diminuição da massa muscular, já que você utiliza menos sua perna e diminui suas atividades.

Sendo assim, é por essa razão que o profissional de fisioterapia é tão importante, visando não apenas aliviar a dor, mas prevenir a perda muscular, estimulando aos poucos os músculos.

Portanto, o principal objetivo é fazer com que o paciente recupere sua estabilidade e segurança, e assim, poder voltar às atividades cotidianas.

Quanto tempo de recuperação de ruptura de ligamentos cruzados?

Além da dúvida de como saber se o ligamento do joelho foi rompido, muitos se perguntam quanto ao tempo de recuperação do rompimento de ligamentos cruzados.

Isso vai depender de cada caso, uma vez que a gravidade da lesão e a idade do paciente pode tornar o tempo de recuperação mais ou menos longo.

Por isso, de uma maneira geral, a dor e o edema desaparecem entre 2 a 3 semanas.

Já quanto voltar a correr e retomar as atividades leves, como natação e bicicleta, o período é de aproximadamente 3 meses. Sendo assim, faça exercícios para ajudar seus joelhos, claro, com o acompanhamento de um profissional.

Por outro lado, até 12 meses para retornar às competições esportivas.

Considerações finais

Portanto, agora que você já sabe tudo sobre ruptura de ligamento do joelho, lembre-se sempre de procurar um ortopedista de joelho se sentir alguns dos sintomas listados, e quanto antes tratar, mais rapidamente poderá voltar à sua rotina normal, e evitar outras complicações!

Comentários estão fechados.